PAPEL AO VENTO

Um senhor, há muito tempo tanto falou que seu vizinho era ladrão que o rapaz acabou preso. Dias depois, descobriram que era inocente. O rapaz foi solto e processou o homem.
No tribunal, o velho diz ao juiz: Comentários não causam tanto mal. E o juiz responde:
Escreva os comentários num papel, depois pique e jogue os pedaços no caminho de casa. Amanhã, volte para ouvir a sentença.
O senhor obedeceu e voltou no dia seguinte.
– Antes da sentença, terá que catar os pedaços de papel que espalhou ontem, disse o juiz.
Responde o velho:
– Não posso fazer isso. O vento deve tê-los espalhado, já não sei onde estão.
Responde o juiz:
– Da mesma maneira, um simples comentário pode destruir a honra de um homem, a ponto de não podermos consertar o mal. Se não se pode falar bem de uma pessoa, é melhor que não se diga nada. Sejamos donos de nossa boca, para não sermos escravos de nossas palavras.
Moral:
Pessoas inteligentes falam sobre idéias!
Pessoas comuns falam sobre coisas!
Pessoas mesquinhas falam sobre pessoas!
A Bíblia diz em Tiago 4:11:
Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Quem fala mal de
um irmão, e julga a seu irmão, fala mal da lei, e julga a Lei; ora, se julgas a lei, não és observador da lei, mas juiz.
Autor Desconhecido
tag: PAPEL AO VENTO
Deus te ama e tem um plano maravilhoso de vida e salvação para você!!!
Pastor Júlio Fonseca

Compartilhe esta publicação

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on print
prjulio

prjulio

Pastor da Igreja de Deus no Bairro Santa Terezinha - Catalão/Go. Pastoreando a 16 anos, pai de 5 filhos, Servo do Deus altíssimo, utilizando a internet como meio de propagação da palavra de Deus a quem desejar. Com humildade e amor.

0 comentário em “PAPEL AO VENTO”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

whatsapp

Últimas Postagens