Esboço de Pregação

Pergunte ao Pastor

A Importância da Unidade no Corpo de Cristo

 

I Corintios 12:12-27

12 – Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um só corpo, assim é Cristo também. 13 – Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito. 14 – Porque também o corpo não é um só membro, mas muitos. 15 – Se o pé disser: Porque não sou mão, não sou do corpo; não será por isso do corpo? 16 – E se a orelha disser: Porque não sou olho não sou do corpo; não será por isso do corpo? 17 – Se todo o corpo fosse olho, onde estaria o ouvido? Se todo fosse ouvido, onde estaria o olfato? 18 – Mas agora Deus colocou os membros no corpo, cada um deles como quis. 19 – E, se todos fossem um só membro, onde estaria o corpo? 20 – Assim, pois, há muitos membros, mas um corpo. 21 – E o olho não pode dizer à mão: Não tenho necessidade de ti; nem ainda a cabeça aos pés: Não tenho necessidade de vós. 22 – Antes, os membros do corpo que parecem ser os mais fracos são necessários; 23 – E os que reputamos serem menos honrosos no corpo, a esses honramos muito mais; e aos que em nós são menos decorosos damos muito mais honra. 24 – Porque os que em nós são mais nobres não têm necessidade disso, mas Deus assim formou o corpo, dando muito mais honra ao que tinha falta dela; 25 – Para que não haja divisão no corpo, mas antes tenham os membros igual cuidado uns dos outros. 26 – De maneira que, se um membro padece, todos os membros padecem com ele; e, se um membro é honrado, todos os membros se regozijam com ele. 27 – Ora, vós sois o corpo de Cristo, e seus membros em particular.

  1. **O Corpo de Cristo é Uma Unidade:**

   – Exploração do conceito de que, como cristãos, somos membros interdependentes de um corpo, com Cristo como a cabeça.

   – Destaque para a diversidade de dons, talentos e funções dentro da igreja.

  1. **A Necessidade da Unidade:**

   – Abordagem das consequências positivas da unidade: amor, crescimento espiritual, testemunho eficaz.

   – Contraste com as consequências negativas da divisão e desunião na igreja.

  1. **A Analogia dos Membros do Corpo:**

   – Explanação sobre como cada membro do corpo tem uma função específica, mas todos são essenciais.

   – Aplicação prática para a diversidade de talentos e dons na igreja.

  1. **O Amor como Vínculo da Unidade:**

   – Discussão sobre o papel do amor na promoção da unidade.

   – Citação de 1 Coríntios 13, conhecido como o capítulo do amor.

  1. **Os Desafios à Unidade:**

   – Reconhecimento dos desafios que a igreja pode enfrentar para manter a unidade.

   – Abordagem de conflitos, diferenças teológicas e outras barreiras.

**Conclusão:**

– Recapitulação dos principais pontos.

– Desafio para que a congregação busque ativamente a unidade no corpo de Cristo.

– Oração pela unidade, buscando a direção e a bênção de Deus.

Você gostou deste esboço?

0 / 0




Deixe um comentário 0

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *