Bartimeu o cego

Bartimeu o cego

Mar. 10:46-52

I – Quem era ele?

  1. Um cego do corpo, mas não da alma.
  2. a) Via coisas que nem Anás, nem Caifás, nem os escribas e fariseus chegaram a ver.
  3. b) Via pela fé a Jesus como o verdadeiro Salvador prometido. – Isa. 35:3-6.
  4. c) Pela fé vira os assombrosos milagres de Jesus.
  5. d) Era uma fé infantil, mas robusta. – Jo. 20:29.

II – Onde estava ele?

  1. No posto de seu dever.
  2. No lugar da oportunidade.
  3. No lugar em que Jesus passou e pela última vez.
  4. a) Jesus ainda passa entre os homens pelas admoestações dos amigos, pelas exortações do pregador, pela doença e pela morte.
  5. b) Devemos nos assentar no lugar onde Jesus passa, onde se lê a Sua Palavra e se reúne Seu povo.
  6. c) Quem profana o Dia do Senhor, descuida-se da leitura da Palavra e recusa orar, não se assenta junto ao caminho onde Jesus passa.

III – O que queria ele?

  1. Que Jesus lhe abrisse os olhos do corpo.
  2. As dificuldades que teve de enfrentar.
  3. a) Uns admoestavam-no a que não molestasse a Jesus.
  4. b) Outros mandavam-no calar-se.

(1) Estes não sabiam quão grande era a miséria de ser cego; ele o sabia.

(2) As belezas naturais eram-lhe desconhecidas.

  1. Todos os que desejam ser salvos devem notar bem a conduta de Bartimeu.
  2. a) Como ele, não devemos nos importar com o que os outros pensem e digam de nós, nem com os escárnios e zombarias. – João 15:18-20.
  3. b) Outros dirão: “É muito cedo”; ou “Não abandones a religião dos teus pais” ; mas em tais ocasiões devemos clamar como Bartimeu. – Sal, 119:18.
  4. O conforto de Jesus. – V. 49.
  5. a) Grandes problemas ocupavam-lhe o espírito – ia a Jerusalém para morrer; no entanto, interrompeu a sua viagem para prodigalizar conforto a um sofredor.
  6. b) Se no mundo não encontramos conforto e paz, o mesmo Jesus, que passa, nos diz: “Tende bom ânimo”, “Vinde a Mim” e “Quem vem a Mim não o lançarei fora”.
  7. Jesus o cura. – Vs. 51, 52.
  8. a) Aquela mesma mão ainda está pronta a se estender para curar nossa cegueira espiritual.

IV – O que fez ele?

  1. Antes de chegar a Jesus deixou tudo. – V. 50.
  2. a) Assim foi o filho pródigo.
  3. b) Assim foi com os primeiros discípulos.
  4. c) Hoje ainda devemos deixar tudo que nos impeça aproximar-nos de Cristo.
  5. Chegando-se a Jesus, seguiu-O. – V. 52.
  6. a) Aquele que recebe tal graça de Jesus deve acompanhá-lO aonde quer que Ele queira conduzi-lo.
  7. b) O mesmo que lhe deu a vista não o enganará; estará com ele “até o fim do mundo”.
  8. c) Assim fazendo mostramos nossa gratidão. – Mar. 5-18-20.
  9. Supliquemos do íntimo de nossa alma: – Senhor, abre os meus olhos!

Compartilhe esta publicação

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on print
prjulio

prjulio

Pastor da Igreja de Deus no Bairro Santa Terezinha - Catalão/Go. Pastoreando a 16 anos, pai de 5 filhos, Servo do Deus altíssimo, utilizando a internet como meio de propagação da palavra de Deus a quem desejar. Com humildade e amor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

whatsapp

Últimas Postagens