Os Perigos que os pastores enfrentam em seus Ministério

Os Perigos que os pastores enfrentam em seus Ministério
(Baseado em 2 Timóteo)
O apóstolo Paulo escreve da prisão esta última carta ao seu discípulo Timóteo consciente que o tempo de sua partida esta próximo (cap. 4:6 e 7), e lhe adverte solenemente sobre os sérios perigos que deve evitar nos ministérios especialmente nos dias futuros.
  1. Perigo – O profissionalismo (cap. 1:4 a oito).
Que é o profissionalismo? É quando ele se torna um ministro sem lágrimas, sem fé e sem fogo.
1) Ministro sem lágrimas (cap. 1:4) “Lembrado das tuas lágrimas, estou ansioso por ver-te, para que eu transborde de alegria”.
1- Na adoração, falta de quebrantamento.
2- Na dor pelos perdidos.
3- Na intercessão pela Igreja (gemidos inexprimíveis)
2) Fé fingida. A fé é um dom de Deus – é fruto do espírito, é um mistério, quando pecamos e não confessamos o Espírito se apaga em nós e ficamos com má consciência. Então,
1- (Apaga-se a fé, ficamos com fé fingida (cap. 1:5) – perde-se a fé por não manter uma boa consciência.
2- Naufragamos na fé (I Tm 1:19).
3- Apostatamos (I Tm 4: 1 e 2) – consciência cauterizada
3) Perigo de se perder o fogo evangelístico (cap. 1:6 a oito). Paulo recomenda a Timóteo “reavivar” (fogo). Falta de paixão pelos perdidos, falta de amor e valores corretos que são diferentes de covardia.
  1. Perigo – Falta de lealdade (cap. 1:13 a 18).
1) Falta de fidelidade a Deus e de lealdade à palavra. (cap. 1: 13 a 14 e I Tm 1: 3 e 4; 4: 6 e 16; 6: 3 a 5; II Tm 2:2 a 4) – palavra: kerigma + didake
2) Falta de fidelidade e lealdade aos companheiros da obra (cap. 1:15 a 18) – alguns me abandonaram.
3) Falta de fidelidade a Deus e de lealdade à palavra. (cap. 1: 13 a 14 e I Tm 1: 3 e 4; 4: 6 e 16; 6: 3 a 5; II Tm 2:2 a 4) – palavra: kerigma + didake
4) Falta de fidelidade e lealdade aos companheiros da obra (cap. 1:15 a 18) – alguns me abandonaram.
  1. Perigo – Comodidade (cap. 2:1 a três) – quase todos iniciamos bem, mas a busca por comodidade nos leva a terminar mal.
1) Diligência (v. um) – “esforça-te”
2) Eficiência (v. dois)
3) Sofrimento (v.três) – “soldado”
4) Concentração (v.quatro) – “não se envolve”
5) Disciplina (v. cinco) – “luta; atleta”.
6) Dedicação (v.seis) – “deve trabalhar – lavrador”
Paulo lutou até o fim – os perigos: comodidade, comer, passear, ter bastante dinheiro – burguesia.
  1. Perigo – Falta de integridade (cap. 2:14 a 22)
1) Deus aprova sua conduta? (v. 15)
2) Tem coisas que você se envergonharia se seus irmãos soubessem?
3) Você se aparta da iniqüidade e vive uma vida santa ou pratica iniqüidade?
4) Tem caído em pecados sexuais? Tem mentido?
5) Você é correto no manejo do dinheiro?
6) Está em paz com seus irmãos? (v.22)
Ser usado por Deus não significa ser aprovado por ele (v. 20 e 21). Exemplos: Balaão, Saul, Jonas, Judas (Mt 7:21-23).
  1. PerigoAparência de piedade (Cap 3:1-9)
Isso descreve a pessoas de aparência religiosa (v.5), cujas vidas são uma contradição com aquilo que professam, pois são – Egoístas, ciumentos, individualistas. – Avarentos (amam ao dinheiro, comodistas) – Jactanciosos, soberbos, arrogantes. – Blasfemos usam palavrões, vulgares. – Desobedientes, a Deus, às autoridades, aos mais velhos. – Ingratos – Sem afeto – Implacáveis (duros, ditadores) – Caluniadores (mentirosos) – Sem temperança (cruéis) – Traidores, inimigos do bem. – Impetuosos – Vaidosos – Hedonistas, amigos dos prazeres. – Lascivos – Irreverentes.
A SEGURANÇA EM TEMPOS DIFÍCEIS (3:10 – 4:8)
  1. Seguir o exemplo de homens aprovados (exemplos que se seguem hoje: pastores de mega-igrejas).
  2. Seguir sua doutrina, imitar sua conduta, propósito, fé, longanimidade, amor, paciência, perseguição, sofrimento.
  3. Persistir em tudo o que aprendeu das sagradas escrituras, levando em conta que o objetivo delas é nos aperfeiçoar e nos capacitar para a obra (3:4-17).
  4. Pregar a Palavra em todo o tempo, instar, repreender, exortar com toda a paciência e doutrina (4:1-4).
  5. Fazer a obra da evangelização (4:5) Não se desviar da grande comissão
Jorge Himitián, Concepción, Setembro/2001.

Postado por Familia meu maior patrimonio
TAG: PERIGOS QUE OS PASTORES ENFRENTAM EM SEUS MINISTÉRIOS

Deus te ama e tem um plano maravilhoso de vida e salvação para você!!!
Pastor Júlio Fonseca

Compartilhe esta publicação

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on print
prjulio

prjulio

Pastor da Igreja de Deus no Bairro Santa Terezinha - Catalão/Go. Pastoreando a 16 anos, pai de 5 filhos, Servo do Deus altíssimo, utilizando a internet como meio de propagação da palavra de Deus a quem desejar. Com humildade e amor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

whatsapp

Últimas Postagens